Aesp inicia capacitação de profissionais de segurança pública para o policiamento especializado

2 de Maio de 2018

Anny Almeida (Ascom Aesp) – Fotos

 

Dando continuidade às ações de formação continuada dos agentes de segurança pública do Estado, a Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp/CE) iniciou nesta quarta-feira (02), mais dois cursos voltados para a área operacional da Polícia Militar do Ceará, são eles: Curso de Controle de Distúrbios Civis (CCDC) e Curso de Policiamento Montado (CPMON).

Segundo o diretor-geral da Aesp, Juarez Gomes Nunes Júnior, um dos principais objetivos da Academia é proporcionar a qualificação permanente aos integrantes das forças de segurança cearenses. “É importante que os profissionais de segurança pública revisitem os bancos acadêmicos para aperfeiçoar o treinamento inicial e adquiram novas técnicas, conheçam novas tecnologias e novos ambientes de trabalho. Então, os cursos de formação continuada servem para isso, para que os policiais, bombeiros e peritos se renovem a cada dia e retornem para as atividades operacionais da segurança pública com mais conhecimentos, mais desenvoltura e mais habilidades”, ressaltou o diretor.

Somente nos primeiros quatro meses deste ano a Aesp já capacitou centenas de profissionais com cursos de qualificação. Até agora, foram realizados Curso para Condutores de Veículos de Emergência, Curso de Resgate e Atendimento Pré-Hospitalar para oficiais e praças do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e diversas turmas do Curso Especial de Policiamento com Motocicletas (CEPM) para reforçar o efetivo do Raio. Para este mês de maio, ainda está previsto o início do I Curso Tático Policial Feminino, que visa desenvolver a expertise operacional do efetivo feminino da Polícia Civil, Militar e da Perícia Forense.

Saiba mais sobre os cursos que iniciam hoje:

Curso de Controle de Distúrbios Civis (CCDC): Tem o objetivo de atualizar e ampliar os conhecimentos profissionais dos militares que poderão compor o efetivo da Companhia de Distúrbios Civis do Batalhão de Choque da PMCE. A capacitação tem uma carga horária de 272 horas/ aulas e inclui diversas disciplinas que preparam o profissional para atuar no atendimento de ocorrências que envolvam gerenciamento de crise, controle de multidões, ou em qualquer local onde haja a quebra da ordem pública. Ao todo, 39 alunos participam do curso, incluindo policiais militares dos estados do Ceará, Piauí e Amazonas. As aulas seguem o dia 31 de maio.

Curso de Policiamento Montado (CPMON): Visa habilitar seus participantes – 20 praças da PMCE – com conhecimentos técnicos, policiais e equestres para que estejam aptos a ingressarem no Regimento de Polícia Montada (RPMon). O treinamento tem 300 horas/ aula e ensina desde noções de adestramento, higiene e profilaxia dos equinos até instruções de operações de controle de distúrbios civis (CDC) e tiro policial montado. A previsão é que o curso encerre suas atividades no dia 29 de junho de 2018.